Centro Cultural Capoeira Colombia

Eu vim de longe, vim pra vadiar... Sou do Centro Cultural Capoeira Colombia

Últimos temas
» Jogos Mundiais ABADA-CAPOEIRA 2005 Professor Eberson e Instrutor Valdo
Jue Ago 04, 2011 1:09 pm por Rapunzel

» Canciones de Capoeira en Youtube + Letra
Vie Mayo 13, 2011 1:16 pm por Rapunzel

» Ie Viva Meu Mestre
Dom Ene 23, 2011 5:49 pm por Rapunzel

» Gingado Capoeira vol.2
Lun Ene 17, 2011 1:28 pm por Rapunzel

» A Capoeira tem vida: Pretinho ABADÁ CAPOEIRA
Mar Dic 21, 2010 1:29 am por Rapunzel

» Colombia tem dende
Mar Dic 21, 2010 1:23 am por Rapunzel

» iemanja - Capoeira Colombia
Sáb Dic 18, 2010 2:45 am por Rapunzel

» V ENCUENTRO CULTURAL "Lanzamiento del CD"
Miér Nov 24, 2010 2:06 pm por Rapunzel

» Canción a canción
Jue Oct 07, 2010 4:51 pm por Rapunzel

¿Quién está en línea?
En total hay 1 usuario en línea: 0 Registrados, 0 Ocultos y 1 Invitado

Ninguno

La mayor cantidad de usuarios en línea fue 16 el Sáb Jun 15, 2013 6:42 pm.

No estás conectado. Conéctate o registrate

Noite sem Lua (Noche sin luna)

Ver el tema anterior Ver el tema siguiente Ir abajo  Mensaje [Página 1 de 1.]

1 Noite sem Lua (Noche sin luna) el Jue Sep 30, 2010 11:12 pm

Rapunzel

avatar
Admin
Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua,

( Era una noche sin luna)

Era uma noite sem lua e eu tava sozinho
Era una noche sin luna y estaba solo

Sentindo o aroma das rosas e a dor dos espinhos rosas

sintiendo el aroma de las rosas y el dolor de sus espinas


Fazendo do meu caminhar o meu próprio caminho

haciendo de mi caminar mi propio camino


Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua


De repente apesar do escuro eu pude saber

De repente a pesar de la oscuridad pude saber

Que havia alguém me espreitando sem que nem porque

que había alguien acechándome sin un qué ni un porqué


Era hora de luta e de morte, é matar ou morrer

era la hora de lucha y de muerte, es matar o morir


Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua


A navalha passou me cortando era quase um carinho

La navaja pasó cortándome era casi una caricia


Meu sangue misturou-se ao pó e as pedras do caminho

Mi sangre se mezcló con el polvo y las piedras del camino


Era hora de pedir o axé do meu Orixá

era hora de pedir axé* a mi orixá*


E partir para o jogo da morte é perder ou ganhar

y partir hacia el juego de la muerte, es perder o ganar



Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua


Dei o bote certeiro da cobra alguém me guiou

Di el salto certero de la cobra alguien me guió


Meia lua bem dada é a morte meia lua bien dada y la muerte


E a luta acabou y la lucha acabó


Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua

Eu segui pela noite sem lua yo seguí por la noche sin luna

Hostórias na algibeira historias de bolsillo

Não é fácil acabar com a sorte de um bom capoeira

no es fácil acabar con la suerte de un buen capoeira

Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua

Se você não acredita me espere num outro caminho

Si no me crees espérame en otro camino


E prepara bem sua navalha y prepara bien tu navaja
Eu não ando sozinho yo no ando solo

Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua,
Era uma noite sem lua…

* Axé, fuerza, energía, poder; en religión yoruba también se usa de la misma manera que amén: verdaderamente, así sea, etc…

http://capoeiracolombia.forumotion.net

Ver el tema anterior Ver el tema siguiente Volver arriba  Mensaje [Página 1 de 1.]

Permisos de este foro:
No puedes responder a temas en este foro.